publicidade

terça-feira, dezembro 29, 2009

terça-feira, dezembro 22, 2009

Amigo oculto do blog

Xuxa tirou a Ivete Sangalo, que tirou a Marlene Mattos, que tirou a Sasha, que não tirou ninguém porque os presentes queimaram todos na árvore de Natal dentro de casa. No reduto da Xuxa acontecem dessas coisas - incêndio em árvore de Natal. O governador Sergio Cabral tirou o prefeito Eduardo Paes, que tirou a Silvete Montilla, que tirou a Isabelita dos Patins, que tirou as rodas dos pés, e foi dar pinta em uma praia deserta do Maranhão, refestelando-se atrás de uma manilha abandonada, sob os olhos da Roseana Sarney, que mandou avisar que de presentes só quer receber lençóis da Trusseau – quem paga a conta é o caixa do Palácio dos Leões mesmo. O presidente Lula tirou o José Alencar, que tirou a Ana Maria Gontijo, mas ela estava ocupada, contando os diamantes comprados com o dinheiro do Arrudagate, e não teve tempo de comprar o presente para sua neo-amiga Fernanda Queiroz, cada chapéu que é uma sentença de condenação a prisão perpétua.

Bruno de Lucca tirou o Gianecchine, que tirou o Torquato, que tirou o Miro Moreira, que tirou o Falabela, que mandou avisar: “bee enrustida comigo não, violão”. No mesmo curso de rio, a Cininha de Paula tirou o Wolf Maia, que tirou o Antônio Firmino (aquele mecânico negão de “Duas Caras”), que tirou a mulher (a esposa, é bem casado), sendo ele até então um rapaz de família (o desfile de sungas, louvando seu derrière, na recente novela do Walcyr Carrasco, foi só para atender a um pedido pessoal do autor da novela, que adora um bolo de chocolate). Mas o Walcyr Carrasco, por sua vez, tirou o Gilberto Braga, que estava em Paris, e mandou avisar que este ano não quer saber de nada, só de flanar pela cidade luz, e encontrar a Karmmita Medeiros Rosenthal. E o Edgar Moura Brasil pediu para avisar que também não quer tirar ninguém, ainda que não esteja cansado como o Julinhozinho Rego, 90 na certidão de nascimento, 120 no espírito.

Julinhozinho Rego tirou a Liége Monteiro, na sala de quem já dormiu muito tempo, que tirou seu marido, como é mesmo o nome dele?, que tirou o Bruno Astuto, que baixou a Vera Verão e (eeeeeepa!) mandou avisar que “comigo, não, violão, agora eu só quero saber do Acyr e da Monique Cardoso”, chega de traíras, no que faz muito bem. Mas o Bruno Astuto tirou a Glória Maria, alguém tinha dúvida?, que tirou a Dona Canô, pois está morando na Bahia, e pensando seriamente em assumir o trono deixado vago pela Mãe Menininha do Gantois, tendo já pedido até dicas sobre turbantes à mezzo macumbeira-mezzo budista (é tudo uma coisa só) Yolanda Figueiredo.

João Vicente Correa, o decorador de festas mais talentoso do País, tirou o Antônio Neves da Rocha, outra cabeça brilhante, e combinaram de se encontrar sob a mesma imersão de vinho tinto, no Kurotel de Gramado, sem que o cirurgião plástico Paulinho Müller saiba disso, pois volta e meia ele aparece em Gramado, ao lado do melhor amigo, quando não está caçoando das velhinhas na piscina do Copacabana Palace, apesar de se julgar um gentleman – “nunca será”, garante o capitão Nascimento. No SPA Kurotel, Neusa Silveira tirou a Gláucia Zacharias, voz gutural, que tirou o Maurício, este sim, um gentleman, que tirou sua vizinha de prédio (na Vieira Souto), Leda Lúcia Gadeano, que anda pensando em mandar um buquê de camélias falantes para a casa da Sandra Haegler, para isso já entrou até em uma nova dieta.

Sandra Haegler, que sumiu depois de uma breve incursão em páginas nada sociais, tirou a Carmen Mayrink Veiga, que tirou a filha, Antônia, que tirou o irmão, Antenor, que tirou a Ariadne Coelho, que ficou entusiasmada, mas logo a Carmen entrou no circuito, chamado a loura para um almoço, como fez no passado com uma cabrocha sambista desaculturada, que quis apanhar seu sobrenome, o que ela, Carmen, conquistou com muita categoria, no tempo em que era louvada pelo Ibrahim como Carmen Terezinha Solbiati. Ariadne, sem ter onde estacionar o jegue, foi correndo para a Barra, e tirou por lá o dono da churrrascaria Porcão, que usa calça no pescoço, tantas pregas e cinturas altas, e não tem tempo de pensar no que é uma maminha ou uma chuleta, com Ariadne a mesa é farta, e a conta idem.

Obama tirou o Ahmadinejad, que tirou a dona Marisa Letícia, que ouviu falar no aquecimento global e nas bombas nucleares do iraniano, e mandou comprar uma vaca bem cevada que peida o dia inteiro e (agora se soube)... poluir é com ela mesma – a vaca, não a dona Marisa.

Patrícia Amorim tirou o Marcio Braga, que tirou o Eurico Miranda, mas ela mandou avisar que tirem ela dessa, seu negócio é com gente vitoriosa, como o César Ciello, a Marta, o Xuxa (não, o Xuxa foi defenestrado da Fazenda, o Big Brother rural), o Andrade, o Adriano e o Ronaldo Fofômeno, não, o Adriano e o Fofômeno são "muito Vila Cruzeiro" para a vereadora. Mas a linda Patrícia Amorim mandou para o Marcio Braga uma maquina de calcular, pois está doida da vida com tantas contas “mal feitas” no Flamengo pelo dono do cartório e seus paus-mandados (sempre em prejuízo do clube, naturalmente).

O craque Jobson (disse craque, não crack) tirou a Rebecão Gusmão (é Rebecão, não rabecão), que, trancada no banheiro, muito aplicada, mandou dizer que agora estava na rebordosa, e que quando puder vai mandar um presente para o presidente do Organon Brasil, laboratório do Deca Durabolin, mas que no momento anda pensando em experimentar uma Amoxilina injetável no globo ocular.

Fátima Bernardes tirou o ministro Marco Aurélio Mello, que mandou dizer ao William Bonner que a Madame Natasha está de implicância com ele, sempre que resenha suas últimas sentenças para o caderno Idéias, do JB, o melhor suplemento literário do Brasil nos dias que correm. Tendo ficado sem presente, a Fátima Bernardes foi salva pela Patrícia Poeta, que apareceu no condomínio dos Bonner, na Barra, pedaço rodeado de novos ricos, e deu-lhe a despejar seu sobrenome, em frases de Drummond, de Elisa Lucinda e do Wally Salomão. Sem dar Bandeira, claro.

O prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, vulgo Jorginho, tirou o dono da construtora para a qual ele ameaçou vender uma rua (isso mesmo, vender uma rua!), mas aí a turma do abafa resolveu tirar a dupla do amigo-oculto, porque quem se mistura farelo come, todo mundo sabe.

Mas o César Ciello, lembrado pela Patrícia Amorim parágrafos acima, tirou o Malvino Salvador, que tirou o Henrique Pinto, que mandou para o Malvino uma caixa cheia de cuecas brancas – o Malvino adora cuecas brancas. Mas o Henrique Pinto, há tempos só tira o modelo Anderson Dornelles, tendo inclusive já comemorado muitos amigos ocultos, os bons amigos, hospedados no mesmo quarto de hotel de Miami, sabe viver, esta dupla.

Aécio Neves tirou o José Serra, que mandou avisar que detesta pão de queijo, seu prato preferido mesmo é uma buchada de bode, nestes tempos em que precisa adentrar o Nordeste com força, para tentar aplacar a fúria da desperucada Dilminha Paz e Amor, que ouviu falar de Chico Mendes, e mandou a empregada descer na farmácia e comprar uma seringa. Sacumé, seringueiro, seringa, tudo é a merma coisa.

Artur Xexéo tirou o Joaquim Ferreira dos Santos, e mandou para ele um cartão com o bilhete “por favor, concurso de melhor jiló na coluna, nunca mais”. O sexy Rodolfo Fernandes tirou o amigo Chico Buarque, mas quando foi entregar o presente, na partida de final do ano, no Polytheama, time do pai da Geni, veio o Stepan Nercessian e, chapado como sempre, começou a desacatá-lo, um bafo de cana du cacete, perguntado o porquê de a capa de O Globo só dar notícias do Flamengo, colocando seu Botafogo no cume do rodapé, se é que não é incoerente falar em cume de rodapé numa hora dessas. O gentleman Chico, sabendo que amigo é para acudir outro (atenção para o cacófato), decretou a lei seca antes e depois das partidas, liberando a manguaça entre um gol e outro (gol do Rodolfo, claro, que é um artilheiro de mão cheia, no trabalho e entre as quatro linhas).

Messi tirou o Kaká, que, naquela moda de pensar duas horas antes de emitir um som de palavra, elocubrou dois meses com a Caroline, e não respondeu, se iria querer entrar no amigo-oculto ou não, com medo de escorregar num verbo ou num pronome, sacumé, com Kaká é tudo certo demais, que chega a enjoar, será que ele larga uma bufa embaixo do edredon? Mas na recusa do Kaká, quem tirou o Messi foi o Ronaldinho Gaucho, que ganhou do Dunga a certeza de que irá para a África, e a nossa torcida, e será conhecido, com a bênçao do Deus do Kaká, como O NOME DA COPA, porque ele merece. Ele e o Nilmar, claro.

Mas o Nilmar, lindo de morrer, eterno muso deste espaço, tirou o blogueiro que vos fala, que vai ficando por aqui (deixando porta aberta a atualizações), porque o Bruno de Lucca lá do segundo parágrafo mandou dizer, pel’O Globo, qual é o seu sonho de ano novo: “quero uma namorada bonita, gente boa, engraçada, de família e que não me ponha um par de chifres quando estiver viajando”.

Ah, tá.

segunda-feira, dezembro 21, 2009

Carmen foi ao coq do Alberto Sabino

Quer saber se determinado evento foi um sucesso? Pergunte se a Carmen Mayrink Veiga esteve presente. No caso do coq do chiquíssimo designer Alberto Sabino, esta resposta é sim, sim, sim! O rebu foi um acontecimento, Alberto lançava uma coleção em homenagem ao Rio, e reuniu vários sobrenomes que contam no society carioca. Olha a divina Carmen com ele na foto! E ainda teve a Waleska Carvalho, que é outra imperatriz da elegência carioca, depois mostro outras fotos.
A nova coleção do Sabino sabido está na Signature (Copacabana Palace) e no Fashion Clinic.

quinta-feira, dezembro 17, 2009

A coluna da Hilde de hoje está imperdível. Digna do "Point de Vue"...

Hilde conta da festança que ela, a (dizem que milionária) Beth Winston (C) e o Gui-Gui (um gato em plenos 90 anos), os três na foto, receberam a fina-flor da sociedade carioca para um rega-bofe recheado por palazzos pijamas, no Copacabana Palace. Uma folha coloridíssima e bem paginada. E a exclamação obrigatória: Hilde está magérrima!

Não conheço a história das filhas da Glória Maria, mas acho que teria sido muito mais nobre, digamos assim, da parte da jornalista, se...

... ela bancasse as meninas no seio de sua família - a clã original das meninas.
.
Se é que elas têm família, claro.
.
Caso sejam órfãs, ponto para a Mulher Fantástico.
.
.
PS. Agora, se retirou as pequenas do colo quente da mãe miserável, só para dar uma de Angelina Jolie nas colunas sociais (como aquela história de que foi "meditar" no deserto, e forneceu fotos da "meditação" para as colunas sociais), a Maria anda precisando de um tratamento.

O Globo: A nova imortal da ABL tem completou "65 décadas de magistério".

Pô, só de salas de aulas a professora tem 650 anos.
.
Que coisa.

JB: "Marina Silva insinua que Dilma é inexperiente para discutir clima".

Dilminha entende muito é de dar socos na mesa.

Leio em uma revista sobre "a volta da Ivete Sangalo". Mas para onde é que ela foi, meu Deus?

quinta-feira, dezembro 10, 2009

Nasceu o filho do Dado Dolabela! Se puxar ao pai, vai ter de usar fralda GG...

Aposto quanto você quiser como a dona Lenny(nha) vai se esgoelar para dar uma festa "em homenagem" ao Brad Pitt, que vem passar o réveillon no Brasil.

Vai ligar até para a dona Marisa Letícia, espera só.
.
.
"Dona Marisa, por favor, peça ao Brad Pitt para deixar eu dar uma festa pra ele. Consigo até patrocínio de uma marca de vodca, depois mando umas garrafas para o presidente..."

Todo mundo sabe que sou botafoguense, mas a chegada da linda e chique Patrícia Amorim à presidência do Flamengo traz uma lufada de frescor ao futebol

Caso o leitor não tenha ideia do que seja algo deprimente, mostro logo abaixo.

Xuxa e Ana Maria Braga. Nada mais a dizer.

segunda-feira, novembro 30, 2009

Licitação para as obras de uma Olimpíada no Brasil

Um prefeito chamou três empreiteiros para uma licitação da Olimpíada Rio 2016: um japonês, um americano e um brasileiro.

- Faço por US$ 3 milhões - disse o japonês; um pela mão-de-obra, um pelo material, e um para meu lucro.

- Faço por US$ 6 milhões - propôs o americano; dois pela mão-de-obra, dois pelo material e dois para mim... mas o serviço é de primeira!

- Faço por US$ 9 milhões - disse o brasileiro.
- Nove milhões? - espantou-se o prefeito – Por quê?
- Três para mim, três para você e três para o japonês fazer a obra.
- Negocio fechado! - respondeu o prefeito.

Brasil, um país de todos !!!

Quem aí viu o rico José Celso Gontijo, marido da madame Gontijo, que frequenta as colunas sociais cariocas, e põe o presunto na porta para os...

... incautos, interesseiros e vendilhões da mídia local, aparecer na TV dando dinheiro para a corrupção em Brasília? Chegou com a malinha cheia de grana e entregou para a turma do Arruda.
.
Corruptor não é aquele que apenas recebe dinheiro sujo, mas principalmente, o que dá.
.
Quem foi aí que viu o nobre socialite com a mão na gontija, quer dizer, botija?
.
Madame Gontijo é a mesma que está sempre com a cara de paisagem, nos salões, do tipo "eu sou a tal", e não é capaz de arrumar a própria mesa - contrata decorador até para montar a ceia de Natal.
.
Deu no que deu.
.
.
PS. Aguarde para breve mais um jantar principesco do professor Carlos Alberto Serpa, em sua penthouse palaciana da Av. Atlântica, em torno do casal Gontijo. A vida que segue...














TRECHO DE ENTREVISTA CONCEDIDA POR MADAME ANA MARIA GONTIJO À REVISTA "ISTO É DINHEIRO".

Tá boa?

sexta-feira, novembro 27, 2009

Imperdível a "Carta de Dubai" publicada pela revista "Piauí"

.
Um trecho (de significado fortíssimo!):

"A própria terra está tentando repelir Dubai, secando e apagando a cidade do mapa. O novo campo de golfe que leva o nome de Tiger Woods precisa de 15 milhões de litros de água por dia para irrigação. O lugar é regularmente açoitado por tempestades de areia que enevoam o céu e escondem a linha do horizonte. Quando a areia baixa, o calor aumenta, abrasando tudo o que não estiver sendo constantemente irrigado. O dr. Mohammed Raouf, diretor de meio ambiente do Gulf Research Centre, não parece muito otimista: 'Estamos num deserto e tentamos ignorar isso. Pura insensatez. Não dá para desafiar o deserto.'"



Como diria o saudoso Zózimo, e Dubai, heim?

(In)certas pessoas são tão desesperadas por aparecer, que outro dia o "casal" Bruno Chateaubriand-André Ramos, para garantir o camarote da Brahma,...

... deu uma festa em homenagem a...a?...a?
.
Alicinha Cavalcante!
.
Que tal?
.
É que a dupla, por tradição dos "promoters" do citado camarote (sei o motivo, o David Brazil me contou, depois eu digo), sempre foi barrada, até reclamava na imprensa, veja você, pela ausência de convites, a despeito de ser patrocinadora dos mais badalados rega-bofes do Rio, rejeição que vem sendo desfeita desde o ano retrasado, com a promoção do melhor-amigo Bruno Astuto a colunista titular de "O Dia" - Bruno faz o impossível por todos os amigos, sei bem disso.
.

Lembro que vi, de camarote, com todos os trocadilhos, a entrada "triunfal" da dupla no primeiro ano de Brahma. Eu estava a trabalho, como sempre, observando tudo e todos, quando me deparei com a chegada da atriz Monica Belucci ao lugar. E a cena seguinte seria de chorar de rir, se não fosse deprimente: aquele furdunço de fotógrafos e seguranças em cima da Belucci, empurra-empurra, "sai pra lá, deixa eu fazer a foto", disputavam os fotógrafos, e ali atrás, no meio da muvuca, as bibas, apertadas, sem sair do foco-papagaio-de-pirata, porque, àquela mesma noite, acabaram de receber em casa a famosa atriz para um champa, e daí que muito provável mesmo que chegassem juntos à avenida. Natural.
.
Mas precisavam ficar agarrados à atriz até na entrada do camarote, como se Michael Jacksons fossem? Claro que não. Pessoas normais chegariam no mesmo carro, deixariam a outra Bellucci se ater às coisas da fama, aos autógrafos e quetais, e depois se encontrariam no indigesto "chiqueirinho" armado para receber a bela. Natural.
.
As bibas, não! Elas fincaram o pé atrás do rabo do cometa da Bellucci, e ali ficaram, no empurra daqui, esfrega de lá.
.
Cena de chorar de rir.
.
Agora, com a homenagem à Alicinha, pensam que garantiram a camiseta vermelha para o espaço da cerveja. Esquecem que quem dá a palavra final é o Alexandre Loures, o poderoso e competente mandachuva da Comunicação da Ambev.
.
Ih, fui falar o nome dele, daqui a pouco tem outro coquetel "de homenagem" ao pobre...

quarta-feira, novembro 25, 2009

Felipe Hulse aparece no Globo de hoje, em uma bela pub do Bradesco fotografada em NY


Quer ser vizinho da embaixatriz Gilda Sarmanho, do Sérgio Bermudes, da Milu Camarão ou do Clóvis Macedo, no Edifício Zamudio, na Rui Barbosa?




A Sotheby's está vendendo este apartamento, 4 suítes masters e um living com 200 metros quadrados. Só não digo o preço, porque senão você vai chegar antes de mim e comprar.
Olha os detalhes abaixo:

"Um dos mais tradicionais endereços do Rio de Janeiro, apartamento de altíssimo luxo com 800m² e vista cinematográfica para a Baia da Guanabara e o Pão de Açúcar que servem de moldura para um grandioso living de 200m² com sala de jantar com piso de mármore Perlino Bianco, sala de estar, jardim de inverno e lavabo. A parte intima do apartamento é composta por 4 suites máster com 2 closets e 2 banheiros, escritório e galeria. Sala de almoço, copa, cozinha gourmet, 4 dependencias para empregados, despensa e 2 vagas de garagem. Tudo isso com a grife do talentoso arquiteto Luiz Redó que criou para esse imóvel um projeto simplesmente irretocável".

Bandidos ameaçam o governador Cabral na internet

Tem vídeo de uma facção criminosa circulando na internet trazendo um funk com o seguinte verso: "Se o Sérgio Cabral ficar de Kaô, as Olimpíadas não vão rolar".
.
Que coisa.

Rodrigo Vellozo, o filho do Benito di Paula! A voz do verão...

O mais maravilhoso dos presentes de Natal, que você deve dar a quem ama (tudo bem, você prefere a Madonna e a Preta Gil), é o novo DVD do Benito di Paula, que eu, a Carmen Mayrink Veiga e a Maria Bethânia (enquanto você continua preferindo a Preta Gil, o que respeito) amamos de paixão.
.
Benito, o monstro sagrado da MPB, ressurgiu com um trabalho maravilhoso, o DVD, feito pela EMI. É um espetáculo! Eu, que fui ao Vivo Rio no dia da gravação, pois se anunciou nos jornais a filmagem "ao vivo", e o local estava cheio, não me canso de assistir.
.
E se você vir o Rodrigo Vellozo, filho dele, tocando piano e cantando samba, você se apaixona. É lindo (foto), o Rodrigo, canta feito um rouxinol, tem um timbre de voz único, morre de amor pelo pai (você sente pelos olhares trocados por ambos), grata surpresa.
.
E dá de 10 a zero nessa safra de por aí, de filhos de artistas (maioria músicos) inexpressivos de marré-marré-marré.
.
Rodrigo Vellozo, é o cara.
.
.
Descobri: Rodrigo Vellozo tem um site. É só pôr o ponto com, ponto br, depois do nome dele.
.
.

"Um talento

Tive a honra, há alguns poucos anos, de dirigir um cantor-pianista de raro refinamento. Começo dizendo isso pelo espanto. E explico: nosso tempo dispensou a sutileza. O que é refinado foi trocado pelo rápido. A eficiência digital alucinada não permite, ou tenta não permitir, o “ourives” calmo que burila o que faz. Taí o espanto.

No meio disso surge o tal cantor-pianista, com a classe que se pensava perdida. É um nobre nato. Não que seja metido a besta (isso não seria nobre). É de nobreza popular. Sua música é assim também.

O nome do cara é Rodrigo Vellozo. Seu disco tem o nome certo: Samba de Câmara. Salta do cd a palavra “bom-gosto”. Passeia por Baden, Noel, Monsueto e músicas próprias, com uma leveza rara. Afinado, esse tal Rodrigo. Preciso e milimétrico, como são os velhos aristocratas do povo.

Rodrigo Velloso é o nome dele. Daqui a pouco todo mundo vai saber

Oswaldo Montenegro"

terça-feira, novembro 24, 2009

O jornal "Extra" perguntou ao ator Carmo Dalla Vecchia, que no Projac só é chamado de "Carma":

(perguntas dos leitores do jornal)
.
1. "Se sente atraído ao beijar essas lindas atrizes com quem contracena?"
.
Ele: "Pergunta perigosa, hein! Se digo que sim é ruim, se falo que não, também é ruim. Sempre tive excelentes parceiras, mulheres bonitas e interessantes. A gente sempre fica atraído, mas no âmbito profissional. As pessoas têm muita curiosidade sobre o beijo técnico, mas é como fazer uma cena de ódio, você tem que colocar sentimento".
.
2. "Porque nunca te vi com namorada?"
.
Ele: "Porque sou muito caseiro. Os paparazzi também reclamam que não apareço muito... Sou um cara sereno que não precisa divulgar a vida pessoal para trabalhar".
.
.
Não tenho nada a ver com a vida sexual de ninguém, mas odeio hipocrisia. Odeio é modo de falar, não odeio nada e ninguém. Mas minha impressão sobre as respostas é a seguinte:

Ah, tá.

segunda-feira, novembro 16, 2009

A turma anda transando até com árvores, gozando com algas marinhas, e o Manoel Carlos ainda acredita que uma sua personagem causará polêmica...

...só por ser bissexual.
.
Ah, pára, Maneco!
.
Vá plantar seringueira, para ver se dá camisinha!

Se a gente for julgar os advogados cariocas por esses que estão aí disputando a seccional RJ, meu Deus.

Agora tem a notícia de que várias urnas foram fraudadas. Deu até Polícia Federal!
.
Que coisa.
.
Pensando bem, com a Justiça do Rio do jeito que "O Globo" vem mostrando, isso é até café-pequeno.
.
Mas enjoa. Enoja.

Mudanças profundas no caderno Ela, de O Globo, se avizinham...

Quem-viver-verá.
.
Mais não digo.

Aposto U$ 1 milhão com vocês, como o nadador Xuxa e o modelo Caco Ricci vão se pegar n'A Fazenda!

Gente, não entenda mal esse "vão se pegar"...
.
Ai, meu São César Cielo!

Cesar Cielo terminou o namoro com a Carol Francischini?

Ih, a The Week pede sais!

Xuxa está em Gramado. Hospedada em um SPA. Foi gravar seu especial de Natal para a TV.

O povo só tem de tomar cuidado, porque onde a Xuxa chega, o fogo lambe.
.
Baixo-astral total, a loura.

sexta-feira, novembro 13, 2009

E a Madonna, já foi?

Só mais uma coisinha: li que a loura se reuniu com crianças carentes às quais "deu conselhos".
.
Heim?
.
Você deixaria a Madonna aconselhar seu filho?
.
Heim?
.
Heim?

segunda-feira, novembro 09, 2009

Danuza Leão: "O calor é cafona".

URGENTE: César Maia faz revelação bombástica no Twitter!

Nas entrelinhas, mas quem sabe ler de um pingo faz a letra. Vejamos:

"De um delegado: Eduardo Raschkovsky (Globo de hoje) tem sistema de gravação central na sala. Fitas levam teto do "Estado" à cadeia".
.
Quem será mesmo o "teto do Estado"?


Aviso a quem interessar possa: a Editora Globo também entrou no páreo pela marca Vogue no Brasil.

O Judiciário brasileiro espera uma reação do presidente do TJRJ às denúncias, graves, de corrupção nos gabinetes togados do Rio.

O meritíssimo doutor Luiz Zveiter tem de falar.

Já está ficando enjoada! Ih, lá vem a Madonna, de novo!

O pior é ter de aguentar certas personagens cariocas fazendo a íntima. Espera só, que daqui a pouco a Leny(nha) vai dar uma festa "em homenagem" à Madame Luz, patrocinada pela vodca Absolut, e a Madonna não vai aparecer.
.
Eu, se fosse o "Amaury Jr. 120 mil" (bate na madeira!), escalava a Narcisa para entrevistar a loura.

Meu Deus, o que andará acontecendo com os cronistas dos nossos jornais?

Andam todos escrevendo, como se estrelas fossem, sobre suas experiências pessoais, suas andanças, seus queixumes.
.
O ego lá em cima, como se estrelas fossem.
.
A outra, um dia, contou de sua experiência no budismo, o outro, respondendo a cartas de leitores, se achando o próprio Rubem Braga.
.
Eu não mereço, definitivamente, ter de aturar tanta vaidade.
.
Quero o Pasquim de volta. Alô, Ziraldo!

sexta-feira, novembro 06, 2009

Quem tem medo do Aguinaldo Silva?

O maior autor brasileiro de novelas, Aguinaldo Silva, acabou de lançar um livro - que eu já mandei minha governanta Tereza comprar.
.
Mas é só para ter na biblioteca, pois em sendo leitor diário e apaixonado do blogão do Aguinaldão, conheço de cor e salteado todos os seus textos.
.
Aliás, sobre o Aguinaldo: ele esteve no Projac, outro dia, visitando aquelas dependências erguidas com o dinheiro emprestado pela CEF, e dizem que não pago (mas isso é história para outro post), ni qui alguém no refeitório observou, palito nos entredentes: "a visita da velha senhora".
.
Convenhamos: o Aguinaldo não está a cara da Elizeth Cardoso?
.
A foto é do Waldir Leite, a estrela maior do futebol de areia de Copacabana - depois da bola. Roubei da coluna da Hilde. Nela aparecem o Aguinaldão e o João Emanuel Carneiro, outro talento da nossa TV.

Então a ínclita, honesta, solidária, patriota, regularíssima Maitê Proença recebe 13 mil de pensão da União?

Ah, bom!

terça-feira, novembro 03, 2009

Ah, se meu arquivo falasse: encontrei as fotos do pato que a Regina Guerreiro mandou pintar de azul para ilustrar um editorial de moda.


Aliás, não um editorial de moda propriamente dito, mas um indigesto jabá com as logomarcas dos grandes fabricantes de jeans do Brasil, sem o necessário "informe publicitário". Era junho de 1981, e o preço de capa da revista, CR$ 500.
.
Ah, o pato morreu, você sabe (olha o bico do coitado). Uma crueldade imperdoável. E Regina teria declarado que "pelo menos foi em boa causa".
.
Clique sobre a foto para ver melhor.
As fotos são do Duran, que começava carreira - foi a Regina quem o lançou.

Para a turma que confunde categoria com calaçaria, explico o que é a primeira!

À direita, Sarita Galliez Pinto, do seu lado, a Sônia Isnard. Foto do Sebastião Marinho.
.
Sarita é a expressão do que há de mais exclusivo nos salões da tradição carioca.
.
Roubei a foto da coluna da Hilde.

Um bocado ingrato esse Gero Fasano!

Maior munheca-de-samambaia!
.
Pô, vive aparecendo de graça em todas as colunas sociais de por aí (quer dizer, de graça é modo de falar, sempre morre nuns jantares, né...) ...
.
E na hora de anunciar, só o faz em "O Globo". Meia página!
.
Logo ele, que é uma perla matisson de tanta elegância...

Foto da Agência Globo.