publicidade

sexta-feira, novembro 29, 2013

Lupo foi a Barcelona fotografar Neymar. De cueca! Veja


segunda-feira, novembro 25, 2013

Veja com que roupa Cauã Reymond vai apresentar o Emmy Awards, em NY, esta noite...


Cauã veste Armani

Por que dona Beth Largadér não leiloa seus badulaques em Paris?


Dona Beth Largadér (foto) passou a vida inteira incensando no Brasil um poder que exerceria em Paris, já que fora modelo de passarela e mulher de um magnata da comunicação na França. Chegou a ser chamada de "a brasileira mais poderosa da Europa" por uma revista de segundo time. Lapidou tanto um "estilo" de etérea rainha de sabá, que não demorou muito para que hordas de bibas tupiniquins se anunciassem participantes de um seu hipotético fã-clube, jaciras estas daquele time acostumado a fazer-se capacho para ricos e famosos limparem solas de cafonérrimos Louboutins. Beth virou até, que deprimente, tema de palestra (pasme) para emergentes, capitaneados pela Marcia Veríssimo Quem, em um shopping da Barra da Tijuca. (nem consigo imaginar o que é que se diz em uma palestra sobre a Beth Largadér - pecado da subserviência...)
.
Pois bem. Mas o marido poderoso da Beth morreu, e a sua (dela) herança, dizem, anda sendo contestada pelos filhos do homem. Isso teria dado uma baqueada na aura de la grande dame de madame, o que tentou-se contrapor escalando a dona para uma participação à lá Miranda Priestly, em uma novela da loura má. Cena impactante.
.
Agora me chega um release com notícia de parar máquinas: Beth Largadér leiloando vestidos de "haute couture" e alguns objetos no escritório da Soraia Cals, no Rio.
.
Encasquetei: por que a Beth Largadér, tão puderosa em Paris, não leiloa por lá seus badulaques? Simplesmente porque aqui a turma emergente vai cair em cima das sedas grifadas da dita e, em Paris, as chiques de verdade não são muito afeitas à aderência de roupas usadas.
.
E a Beth, tão puderosa, vai repassar o valor arrecadado para alguma obra social, tão rica que é?
.
Cartas para a redação.

terça-feira, novembro 19, 2013

Mares Guia, “coordenador do mensalão tucano”, casa filha em Punta com festa de US$ 3 milhões. Até Dionne Warwick cantou...


O ex-ministro Walfrido dos Mares Guia é um homem riquíssimo e controvertido, todo mundo sabe. Responde a processos por corrupção na Justiça de Minas, e a “Veja” o acusa de ser o mentor do mensalão dos tucanos, leia abaixo ou aqui.

Pois no feriado de 15 de novembro, a filha dele, Erika, dona da multimarcas Mares Guia, se casou com o empresário José Renato Tourinho, em Punta del Este, em festa que custou US$ 3 milhões. Que tal? A informação do valor é do jornalão espanhol "El País". 
Para começar, a maioria dos mil convidados chegou em Punta com viagem e hospedagem pagas pelos anfitriões. Não preciso dizer que os mais caros hotéis daquelas paragens ficaram lotados.
.
Teve até colunista carioca, que não pode ver um presunto pendurado na porta, aderindo. É só aguardar os salamaleques, pois é preciso pagar a mordomia. Consta que despesas com táxis e cabeleireiros para os convivas também fizeram parte do pacote.
.
Dois aviões da Gol foram fretados, afora os jatinhos particulares. O Aeroporto Laguna Del Sauce nunca viu tanto avião caro, um do lado do outro.
.
Dionne Warwick e seus músicos ficaram hospedados no Conrad, lindos e loiros. Quase 10 apartamentos só para esta turma. Ela pediu muito queijo cheddar.


Leia abaixo o texto sobre o pai na noiva veiculado no site da “Veja”.

"Mares Guia era vice-governador de Azeredo e concorria a um mandato de deputado federal. Ele foi substituído na chapa da reeleição de Azeredo pelo empresário Clésio Andrade, que introduziu Marcos Valério no tucanato mineiro para operar o caixa dois da eleição. No inquérito, Mares Guia aparece na coordenação do esquema. Para provar sua tese, a polícia apresentou três folhas manuscritas nas quais o ministro lista as despesas da campanha. Os gastos descritos em apenas uma das folhas somam 12 milhões de reais. Azeredo, no entanto, só declarou 8,6 milhões de reais à Justiça Eleitoral. Em depoimento à polícia, o tesoureiro da campanha, Cláudio Mourão, declarou ter feito pagamentos ao publicitário Duda Mendonça, marqueteiro da campanha, com recursos do caixa dois, por ordem de Mares Guia. Segundo o MP, recebeu do esquema, a partir de desvios de Copasa e da Comig, 1,5 milhão de reais e atuou no desvio de 500 000 reais do Bemge."

domingo, novembro 17, 2013

O verbo da hora é: DESIDRATAR

Tem sido usado na imprensa em frases do tipo: "...sua relutância está desidratando a candidatura ao governo..."
.
Esquisito.

No Prêmio "Inesquecível Casamento", um dos "critérios" para ser indicado é já ter fornecido de graça suprimentos para festas particulares do Bruno Chato

No pacote ainda tem a promessa de veicular jabá na revista "Época" impressa e eletrônica.

Encontrei a Upa-upa em NY


ALGUÉM SABE DIZER QUANDO É QUE VAI COMEÇAR O JULGAMENTO DO MENSALÃO DO PSDB?

FELICIANO PEDE SAIS: A TV RECORD, DO "BISPO" MACEDO, COMPROU A SÉRIE AMERICANA SPARTACUS. COM O DÍZIMO DO POVO...

domingo, novembro 03, 2013

O potin da hora no Rio tem sido o noivado da mulher mais rica do Chopin, Regina Gonçalves, com um moço bem mais moço

Gente mais sem assunto. Regina, olhos da cor do mar do Caribe, é generosa e merece ser feliz.

Por que o colunista rastejante não se muda pra Paris?

Tentando responder a jornalista Lu Lacerda, que chamou a baratinha da Karl Lagerfeld de antipática, no meio da semana, o colunista rastejante, que vive a lamber os sapatos de ricos e famosos, teve a cara de pau de desancar a cidade de São Paulo (violência e desorganização são as queixas), tentando camuflar a antipatia solene, que o mundo conhece, do estilista da Chanel.
.
Vovó não é antipática, Lu, mas "realista".
.
Deprimente.
.
Mas o que não se faz por um "amigo" que pode empregar marido, como prega-passamanaria, em Paris?

Xuxa pintou os cabelos de cenoura. Está a cara do Visconde de Sabugosa.

Aliás, a "rainha" vai envelhecendo dentuça como o Ronaldinho Gaúcho e a Lígia Azevedo.