publicidade

sexta-feira, janeiro 31, 2014

Igreja Universal agora pede oferta por e-mail

Recebi um e-mail de doacao@arcauniversal.com, da Igreja Universal, com uma "newsletter" pedindo-me "doações" à instituição. Até aí, tudo bem. Igrejas só sobrevivem com as doações dos fiéis, e como cristão, sou dizimista e ofertante (não da Universal, claro).
.
O que me intriga é o fato de que as ofertas doadas à Igreja do "bispo" Macedo não são usadas em prol da pregação da Palavra de Deus, como deveriam e a Bíblia manda, mas 1) à manutenção da TV Record, que tudo que faz é não pregar a Palavra de Deus, muito pelo contrário, e como fora comprada para isso, hoje vive de vexames na audiência - ninguém vê; 2) à construção de obras megalômanas (qual o objetivo?), como o Templo de Salomão, em SP, com mármores importados e, dizem, até torneiras de ouro, além de suíte e academia particular para o salomão Macedo; e 3) à vergonhosa e vexaminosa campanha (na TV Record, até com o Marcelo Rezende à frente), refletindo o mau comportamento de um homem que se diz "bispo cristão", de empreender perseguições contra outros líderes religiosos, que estão se destacando, por conta de uma "briga de mercado por mais fiéis". Macedo teve a cara de pau de ir para a TV, "entrevistando o 'diabo'", para dizer (com o testemunho do "diabo") que este, o capiroto enganador, está atuando na Igreja Mundial do Poder de Deus, quando deveria louvar a Deus por tantas almas resgatadas nas outras igrejas. Então o coisa-ruim só é enganador quando convém ao Macedão.
.
VERGONHA. Isso não é papel de "homem de Deus".
.
Embaixo, as imagens que aparecem no e-mail que recebi. E podem deixar de esperar minha oferta.



quinta-feira, janeiro 30, 2014

Pré-estréia do filme “Quando eu era vivo”

Aconteceu quarta (29), no Espaço Itaú Botafogo, reunindo todo o elenco e mais alguns exemplares da classe artística do Rio, essa gente bronzeada que tem seu valor. Cristina Granato fotografou. Veja quem foi.

Sandy, a estrela do filme

Tayla Ayala, que nome

  Fernanda Thuran e Rony Koren, de olhar caribenho


Lissa Diniz 

Marjorie Estiano (e ano que vem também - podre este meu trocadilho) 


Paula Abrahão e Maria Eduarda de Carvalho 


 Marco Dutra e Fernando Oliveira, troféu Whiskas

Letícia Colin e Mauro Lima, o barbudo mais charmoso das paradas de sucesso


PS. O longa é baseado no livro “A arte de produzir efeito sem causa” (Companhia das Letras), de Lourenço Mutarelli, que fala sobre complexas relações familiares e a impossibilidade de recuperar o passado, sob um inusitado viés de suspense. A história gira em torno de Júnior, que, após um divórcio traumático, busca abrigo na casa do pai, Sênior, com quem mantinha uma relação distante. Lá, nada lembra o lar em que viveu quando jovem. O pai se tornou um homem estranho, rejuvenescido à base de exercícios físicos e bronzeamento artificial. Os objetos e fotos da mãe, morta há alguns anos, foram encaixotados e trancados no quartinho dos fundos. No quarto que dividia com o irmão, Pedro, agora vive a inquilina Bruna, jovem estudante de música que veio do interior para fazer faculdade. Após encontrar objetos que remetem ao passado e à sua mãe, Júnior desenvolve uma obsessão pela história de sua família e tenta recuperar algo que aconteceu em sua infância e que, até hoje, o assombra.

quarta-feira, janeiro 29, 2014

Os Mac Dowell em festa: Bodas de Diamante da doce May e Antônio



O clã Mac Dowell. May, de salmão, à esquerda, e Antônio, de óculos, ao centro

 
Ana Maria Frank e Lucy Sá Peixoto, sempre impactante

São Conrado parou, sábado, para a festa de 60 anos de casamento de May e Antonio Mac Dowell, que abriram o belo apartamento do filho João Antônio, e reuniram integrantes do chamado primeiro time do society carioca. Jantar para 100 talheres. Mara Mac Dowell, Regina Rique, Adriana e Renata Quattroni, Solange e Mario Ribenboim, Norma Daudt e Lucy Sá Peixoto, esta sempre um plus nos rebus de todos os times. Billy Blanco Junior cantou e encantou. Pastor Paulo Severino abençoou e Laura Pederneiras comandou as caçarolas.
.
Fotos de Marcelo Borgongino

A desavisada imprensa carioca



Abro "O Globo" agora e vejo, na coluna Gente Boa (detalhe acima), foto da Tônia Carrero, 93 anos, exercitando-se na praia do Leblon. Foto mixuruca, escura, 3x4, pé da página, quando deveria ter sido diagramada no alto, abrindo o espaço, ou não seria inédito o fato de uma das mulheres mais bonitas do País, grande estrela do cinema, em cartaz no Viva com a novela Água Viva, hoje nonagenária, fazendo ginástica em público?
,
Que imprensa boba é a carioca...

terça-feira, janeiro 28, 2014

quinta-feira, janeiro 23, 2014

Thiago Picchi lança livro na Travessa

O ator e diretor Thiago Picchi lança segunda, na Travessa de Ipanema, o livro “A arte de salvar um casamento”. A partir das 19h. Todo mundo lá. 
.
Marcia Para-choque e Para-lama vai.

Prêmio Cesgranrio de Teatro

"O Globo" deu página inteira sobre o Prêmio Cesgranrio de Teatro.
.
Nenhuma foto de Carlos Alberto e Beth Serpa, donos da instituição.
.
Na verdade, nem a citação dos seus nomes.
.
Que audácia!!!

Amo muito tudo isso...

. . . BECK É COLUNISTA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP...

A editora liberou mais uma crônica do meu livro

Leia aqui

Alô, alô, Bahia, aquele abraço!

O site mais bacana da Bahia (aqui) repercutindo nossas divagações.


terça-feira, janeiro 21, 2014

Aécio e Zezé Perrela na marchinha do Pó Royal, hit do carnaval 2014. Ouça


No Whatsapp com Cininha Meirelles

A psicanalista Cininha Meirelles, afoita como foice em tempo de corte de cana, vagalume na hora do blecaute, mandou mais uma das suas pérolas, via Whats, para o blogueiro, amiga de longa data que é da trupe de cá:
.
"Marcito, parada aqui em Higienópolis, o Jô acabou de passar de short Adidas rumo à padaria, lembro-me de chamar sua atenção para um fato importantíssimo, de interesse de bacurinhas várias que gravitam na noite chique paulistana: Leonardo Carmel é o homem mais bonito do Brasil nos dias que correm".
.
"PS. E entenda por "noite chique paulistana" aquelas ocasiões onde a verdadeira racé local bate ponto, gente de estirpe que não frequenta o mesmo ambiente que seus prestadores de serviços. Nada a ver com aquela turma emproada, julgando-se a última pedra de gelo do uísque da rainha Elizabeth, que publica no Face foto fritando pastel no sítio. Aliás, Marcito, o Face já deu, delete o seu. E frite pastel com a porta da cozinha trancada - ninguém precisa saber".
.
Embaixo, foto do Leonardo Carmel, feita por Alexandre Virgílio (reprodução)
.

sexta-feira, janeiro 17, 2014

Ano começa cheio de novidades para Sonia Madruga


A artista plástica Sonia Madruga começou 2014 com o pé direito. Prepara obras para a expo "A Cara do Rio", que coincidirá com a inauguração da Galeria Villa Olivia, de Marcelo Frazão, e também recebeu boas vindas na Fondation Franz Liszt, pelo Fabio Luz: foi convidada para mostra no Festival de Artes em Syrus, Grecia, que acontece em junho.

segunda-feira, janeiro 13, 2014

TV Globo implica com Grazzi em publicidade com Cauã Reymond


A TV Globo, num surto de "criatividade", publicou anúncio, hoje, no jornal "O Globo", para louvar sua ótima série "Amores Roubados". Até aí morreu Neves - a TV é uma grande anunciante do jornal; são empresas distintas, ainda que do mesmo grupo: uma paga à outra por seus anúncios.
.
Ocorre que o tema abordado tem uma dose de veneno pra cima da Grazzi, ex-mulher do ator principal da trama, Cauã Reymond. E nem tem muita coisa a ver com o roteiro de "Amores Roubados", quem acompanha a história sabe.
.
Em foto (acima) de Cauã e Ísis Valverde, os redatores grafaram a seguinte frase-forçação-de-barra: "Tantas mulheres erradas e ele foi escolher logo a certa". Quem lê os jornais sabe que existe o boato de que o casamento Grazzi-Cauã acabou justamente "por causa" da Ísis. Detalhe: em "Amores Roubados", a personagem da Ísis nem é a tão "certa" assim para o Cauã, como diz o anúncio...
.
Os publicitários da Globo erram porque: 1) Querem aparecer pisoteando uma profissional da mesma emissora; 2) Recentemente, Grazzi, em um anúncio tipo de margarina, dita texto (dizem que) implicando com Cauã, sobre o mesmo tema - o desfecho do seu casamento. Ou seja: os "criativos" da Globo revisitam um tema pra lá de "sambado"...
.
Pelo sim, pelo não, eu, se fosse da Record, faria uma proposta de trabalho à Grazzi. Ela deve estar cuspindo fogo contra a Globo.

domingo, janeiro 12, 2014

Sábado arrebatador com Milton Nascimento na Fundição Progresso





Lô Borges , India Tiso , Wagner Tiso e Fernanda Farina 


Perfeito Fortuna e Milton Nascimento 



João Vitor e Isabel Campos


Após uma sequência de shows que percorreu mais de 150 cidades no Brasil, América Latina, Estados Unidos e Europa, Milton Nascimento anuncia mais um projeto para a temporada 2014. Com estreia acontecida neste sábado, pela primeira vez no palco da Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, o projeto Clube do Milton proporciona um espetáculo emocionante através do encontro entre Milton e seus companheiros – de palco e de vida.

Em sua primeira edição, o Clube do Milton é um concerto que vai fazer parte para sempre da lembrança de quem esteve presente na Fundição. Além da Banda 5, de alguns músicos que o acompanham há mais de 20 anos, como Wilson Lopes (guitarra), Lincoln Cheib (bateria), Kiko Continentino (piano), Widor Santiago (metais) e Gastão Villeroy (baixo), Milton ainda dividiu o palco com Criolo, Wagner Tiso e Lô Borges.

 Segundo Milton, a ideia de realizar esses encontros surgiu das reuniões musicais que acontecem esporadicamente em sua casa, no Rio. “Meu principal objetivo com esse projeto é reunir os meus amigos da nova geração junto com companheiros que já me acompanham na estrada há tempos”, diz.

Ao lado de Wagner Tiso e Lô Borges, Milton reviveu sucessos que vão desde o início da carreira - quando Wagner e ele percorriam o sul de Minas tocando na noite -, passando pelo Clube da Esquina até chegar aos hinos que serviram como pano de fundo para a redemocratização do Brasil, nos anos 1980, como Coração de Estudante e Nos bailes da vida.

Junto com Criolo, um dos artistas brasileiros com maior destaque na cena musical dos últimos tempos, Milton cantou composições próprias, assim como também alguns sucessos do jovem amigo paulistano. 

E além de Milton e seus convidados, a Fundição Progresso também recebeu a banda carioca Os Novíssimos, responsável pela abertura do evento, que teve também as participações de Pedrinho do Cavaco, Júlia Vargas e, para fechar a noite, a fulminante bateria do Bangalafumenga.



O Clube do Milton é uma iniciativa da MPB Produções, Fundição Progresso, Hibrido Eventos e Nascimento Música.
 
Cristina Granato fotografou