publicidade

quarta-feira, novembro 09, 2016

A casa de Donald Trump em Nova York

Por incrível que possa parecer, o projeto de decoração não é assinado pelo brocado Sig Bergamin. A cobertura do novo presidente dos Estados Unidos, na mítica Trump Tower, é uma briga só de espelhos, e dourados, e sancas, e molduras, um MMA over que renderia uma "Architectural Digest" inteirinha, de capa a capa.
De repente, a gente acha que no recinto vão surgir a Ediala, a Tharcema, a Maria Eudóxia, três símbolos da mais pura opulência do charme carioca, que já partiram para os corredores celestes, e quem conheceu as casas delas saberá do que estou falando.
É tanto mármore, que eu nem te conto. Só você vendo. Tem tanto bronze, que até a Iara Andrade ficaria encantada.
Tire suas próprias conclusões.
Fotos: reproduções.







Um comentário:

  1. Como pobre, aprecio o luxo. Mas é tudo muito, é over, pesado, escuro, até sombrio. Não é inveja não. É que realmente não gostei.Combina com aquele cabelo extremamente louro e o topete estilo Johnny Bravo.

    ResponderExcluir

Aproveita e me mande aquela notícia quente! blogmarciog@gmail.com