publicidade

terça-feira, julho 04, 2017

Dior, 70 anos. New Look à italiana em Paris

Dior em 1947, 
decretando novo 
comprimento das saias

A área externa 
do Musée des Invalides, 
Paris, onde se deu o desfile

O reinado de vida de Christian Dior durou apenas 10 anos, mas a prova do seu talento inegável é a de que sua marca acabou de completar 70 anos, e em franca expansão mundial a partir da França. Agora comandada pela loura italiana Maria Grazia Chiuri, a grife fez um show daqueles magníficos, anteontem, na área externa do Musée des Invalides, para lançar sua nova coleção Haute Couture.

Mais prova de poder do francês que mudou o rumo da moda é o fato de que tudo que foi apresentado parece ter sido desenhado por Dior: as cinturas marcadas, as "jaquetas" Bar, as saias-corolas, a saias gomadas inspiradas nos vestidos Zémire e o preto (muitos pretos e cinzas). Desobedecendo, apenas os 40 centímetros da barra da saia ao chão - o “new look” de 1947. Aliás, inspirado por Chanel, talvez, Dior deixou na história uma frase antológica sobre o preto: "Você pode usar preto a qualquer momento. Você pode usá-lo a qualquer idade. Você pode usá-lo para quase qualquer ocasião. Um pequeno vestido preto é essencial para o guarda roupa de uma mulher".


Maria Grazzia convidou o artista plástico italiano Pietro Ruffo, seu grande amigo, para dar um toque especial ao museu, e a inspiração, o briefing do trabalho pedido e do que seria apresentado na passarela pautava-se nas viagens feitas por Dior mundo afora. Uma ocasião globetrotter. E tudo se deu em um cenário circular, tal e qual um globo terrestre delimitado por suas nações, cada continente uma cor, tudo salpicado com esculturas de animais feitas de madeira, e assim se podia ver girafas, rinocerontes, tigres, macacos e leões naquela savana africana ou selva asiática perfumada e cheia de estrelas - do cinema, da moda e das colunas sociais europeias - sentadas à beira do caminho.

PS. Para marcar os 70 anos da Casa Dior, há uma exposição em cartaz no Musée des Arts décoratifs, até dia 7 de agosto. Imperdível.


Celine Dion


A cintura. A mesma de 1947


A socialite italiana Francesca Chelli


Jennifer Lawrence


Kirsten Dunst


A anfitriã Maria 
Grazia Chiuri, à dir., 
e a modelo Karlie Kloss


Natalie Portman 


Robert Pattinson

O casal power 
das altas rodas europeias: 
Johannes Huebl e 
Olivia Palermo



A "jaqueta" Bar, inspiração do New Look


Exposição em cartaz no Musée des Arts décoratifs, 
até dia 7 de agosto. 70 anos da Casa Dior

sábado, junho 24, 2017

O que aconteceu com Fabio Assunção em Pernambuco?

Minha meia-dúzia de leitores sabe que não sou afeito a publicar notícias de TV, a não ser que sejam sobre dona Ruth de Souza, Fernandona Montenegro e Laura Cardoso, mas Fábio Assunção foi preso "por desacato", no interior de Pernambuco, onde estava a divulgar um trabalho feito para o cinema.
Claro, os tempos são os do "Face Live", e uma alma nada caridosa tratou de filmar a prisão e pôr na internet.
No vídeo, aparece até um pernambucano dizendo que o ator seria "linchado", que coisa.
O fato é que o ator estava alterado, não se sabe se apenas por ter tomado pinga, mas já há gente dizendo no rádio que ele teve uma "recaída nas drogas". Que sina! Nestas horas, há especialistas e conselheiros em/sobre tudo.
Se ele desacatou a poliçada do lugar, não posso dizer, mas que é um exagero o cabra pernambucano gritar que o ator seria "linchado", é.
Agora, vamos aguardar as entrevistas - na Sônia Abrão, não como pão - do soldado da PM e do delegado, todos querendo um minuto de fama às custas do galã. Que aliás está em cartaz no Viva, naquela novela da Branca, do Manoel Carlos, e da meio-metro Regina Duarte, que vomitou ter votado "no Aécio", mas agora teve de engolir a golfada.
Fico com o Assunção! Sempre.


domingo, abril 09, 2017

TROFÉU "O TRAQUE DE SEMPRE"

Quanta deselegância do sr. Ricardo Amaral, hoje, falando do Neymar no jornal "O Globo", como se o Neymar precisasse dele para alguma coisa. E ainda tem gente que idolatra esse ridículo, só pra tomar uísque de graça.

Comigo nunca teve vez.

sexta-feira, dezembro 16, 2016

O site mais chic do Rio

O Rio de Janeiro ganhou um site que é a cara da cidade. Com estilo e cheio de bossa. Veja lá. E comente. Clique na foto.


quinta-feira, novembro 17, 2016

Casa Versace abriu um hotel palácio em Dubai. E você aí todo pimpão porque se hospedou no Copa

Depois do sucesso estrondoso na Austrália, a Casa Versace mostra todo o poder da moda, agora, em Dubai, com um hotel sensacional em forma de palácio, com vista para o Khor, o rio que transformou-se em uma verdadeira riviera francesa árabe. Como não poderia deixar de ser, a opulência é a marca. Ouros, mármores, medusas, muitas medusas. Coisa para gente grande, e que crava a marca do sucesso de administradora na testa da Donatela Versace, em quem pouca gente acreditava quando assumiu os negócios, depois da morte do irmão.
O Palazzo Versace tem três restaurantes gourmet, SPA, três piscinas, e mais, e mais.
Bora carimbar o passaporte?

(PS. É claro que a citação ao nome do Copa, no título, é só uma brincadeirinha. Nenhum menosprezo ao ícone da elegância carioca, embora pareça, e eu até queira que pareça, você me conhece...)

Fotos: Divulgação


O novo hotel tem três piscinas


O palazzo tem vista para o rio Khor


Muita classe nos ambientes


A opulência, marca da Versace, também está presente no hotel

quinta-feira, novembro 10, 2016

Morreu Evelina Chamma. Era tão chique, que chegou a quase 100


A roda da vida já tinha girado mais de 95 para a grande Evelina Nemer Chamma, que morreu outro dia, serenamente, como bem merecia. Conheci a grande dama, já viúva do Jorge Chamma, dono da Companhia Siderúrgica Pitangui e da Sociedade Brasileira de Mineração, em casa de Lucianita Carvalho, a inesquecível número 1 da Rui Barbosa, chá para 4, dona Mena Fiala, mãe da Lucianita, também à mesa, tempo bom que não volta mais.
Na foto acima, impactante, o trio-frisson do primeiro time do Rio, só a Norma, hoje, permanece entre nós.
Tá vendo aquela estrela que brilha lá no céu? O nome dela é Evelina...



quarta-feira, novembro 09, 2016

A casa de Donald Trump em Nova York

Por incrível que possa parecer, o projeto de decoração não é assinado pelo brocado Sig Bergamin. A cobertura do novo presidente dos Estados Unidos, na mítica Trump Tower, é uma briga só de espelhos, e dourados, e sancas, e molduras, um MMA over que renderia uma "Architectural Digest" inteirinha, de capa a capa.
De repente, a gente acha que no recinto vão surgir a Ediala, a Tharcema, a Maria Eudóxia, três símbolos da mais pura opulência do charme carioca, que já partiram para os corredores celestes, e quem conheceu as casas delas saberá do que estou falando.
É tanto mármore, que eu nem te conto. Só você vendo. Tem tanto bronze, que até a Iara Andrade ficaria encantada.
Tire suas próprias conclusões.
Fotos: reproduções.







terça-feira, outubro 25, 2016

Para trabalhar na "Vogue" Brasil


Cininha me telefonou para contar que houve, na semana de moda carioca, uma palestra intitulada "O que fazer para trabalhar na Vogue". Isso mesmo. Não é invenção. O povo da maior jabazeira das publicações nacionais se acha a última Coca Cola do deserto, a fim de sentir-se citável em um case de marketing.
Pois eu tenho algumas dicas infalíveis para você que deseja trabalhar na "Vogue" brasileira.
1 - Seja servil feito o Bruno Astuto. Saia a lamber as pegadas dos ricos e famosos, sorrindo falso, feito nota de R$3;
2 - Predisponha-se a ser o carregador de bolsas da Donatinha Meierelles, diretora da revista. Ela precisa mais disso do que de marido;
3 - Venda, venda de tudo, venda até Jequiti, e depois saia a inserir seus produtos nas páginas da revista, em forma de jabá, como o calanguinho faz com os vestidos da marida.
Logo, logo, a turma da revista vai sacar você.
.
Cansei.

segunda-feira, outubro 17, 2016

Alguém pode me dizer que roupa horrível é esta da Sabrina Sato?


Ora (direis) ouvir estrelas: "é um Gaultier".
.
E daí, cara-pálida? É medonha, e ponto final.
.
(E vamos combinar que o Duda Nagle está com roupa de caixa do Bradesco, para uma festa do mundinho da moda)
.
Foto: Bruno Ryfer/reprodução.

quinta-feira, outubro 13, 2016

Terceiro time


O baixo-clero da alta sociedade carioca anda caindo de amores pelo presidente golpista e sua primeira-dama-bisneta. Está encantado com o banquete que o casal deu para os deputados em ternos Villa Romana. Marcela, recatada, já seria o suprassumo da elegância, na opinião das fulustrecas, que devem estar querendo ir arrastar seus longos da Casa Turuna no Alvorada.
Consta que até a colunista-nareba já teria apreçado uma van para levar a turma rumo ao DF, mas achou "muito caro".
A vassoura sai mais barato, fofa.

quinta-feira, setembro 22, 2016

Os caras brilhosas

'Cabei' de ver a entrevista dos espetaculosos do MPF e da PF e das caras brilhosas, na golpista GloboNews, sobre a prisão do Guido Mantega "pela garantia da ordem pública", e estou até agora encasquetado.
Por que não prenderam o cara brilhosa do Eike Batista também?

quarta-feira, agosto 24, 2016

Mais uma bola fora da "Vogue" Brasil

A meia-dúzia de leitores do blog sabe muito bem o que a turma aqui acha da edição brasileira da "Vogue", comandada pela editora Globo.A gente já disse que a turma de lá adora um jabá, que a lista das "mais elegantes" do Bruno Astuto é só formada por ricas que compram vestidos com a marida dele, que a revista, caipira e tupiniquim, privilegia as celebridades internacionais, em contraponto à edição americana, primeira e única, que louva as nossas deusas, como a Taís Araújo, por exemplo.
.
Agora, a quarta-feira amanhece com uma campanha xexelenta promovida pela revista, em conluio com a agência África, do marido da diretora Donata Meireles - a panelinha é de barro e extensa.
.
Pois o Nizan Guanaes e sua turma, mais as jabazeiras perfumadas da "Vogue", resolveram pegar carona na Paralimpíada, e lançaram uma campanha para ajudar na promoção do evento. Como modelos, não escalaram dois atletas da competição (desconhecem a beleza do canoísta Fernando Fernandes, por exemplo), mas a Cleó Pires e o Paulinho Vilhena. Paulinho Vilhena!!!!
.
Alegaram os da revista e os catimbozeiros da África que não chamaram atletas de verdade para "dar mais visibilidade" à causa dos deficientes físicos. Sim. Mas para isso arrancaram, no Photoshop, um braço da Cleó e uma perna do Paulinho. Isso.
.
Não preciso dizer a você que o nome "Vogue" subiu aos altos tópicos negativos do Twitter, com todo mundo marretando a revista, e com razão.

Veja você a foto, e tire suas próprias conclusões.

Abaixo, a sugestão da turma do Twitter para a próxima campanha da revista.


sexta-feira, julho 01, 2016

Conclusão da redação da "Vogue Brasil":

"Aqui, a gente não cria nada. Aqui, a gente o que faz é copiar. Copiar, de preferência, da  Anna Wintour. Aqui, a gente também faz muito jabá, aumentando os ganhos 'por fora' dos nossos 'jornalistas'".

DEU NA "FOLHA DE SÃO PAULO"
A famosa e premiada artista plástica Adriana Varejão publicou nas redes sociais a denúncia de que a "Vogue" brasileira copiou uma sua obra, da série Saunas, para ilustrar a capa da edição de julho 2016. O que foi que a "Vogue" respondeu? Que não era plágio, mas sim inspiração, e que, inclusive, a publicação teria citado isto em suas páginas.
Esse povo da "Vogue" se acha a última Coca Cola do deserto. Pensa que todo mundo é caipira e fica lisonjeado por sair na revista. Acham-se intocáveis. Como se tivessem o direito de tomar de assalto a obra de uma artista de renome internacional, como é a Varejão, e sem pedir autorização, pôr na capa e vender mais revista. 
Agora, a Varejão quer indenização. Não viu como louvor, e não precisa desse tipo de "homenagem".
 

quarta-feira, junho 29, 2016

quarta-feira, junho 01, 2016

De conde a vereador: Chiquinho Scarpa é candidato em São Paulo



Filho da saudosa Patsy Scarpa (no alto), uma das mulheres mais elegantes de São Paulo, característica, aliás, que ele não herdou, o chamado "conde" Chiquinho Scarpa, de uns tempos pra cá, virou ferrenho crítico da presidenta Dilma e do PT, com comentários raivosos nas redes sociais, mais precisamente, no Facebook, onde mantém página que ele, aparentemente, mesmo edita e é seguido por milhares de pessoas.
.
Cliente da advogada porralouca Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment da presidenta da República, agora Chiquinho escancara qual de fato é o tamanho da sua "indignação": ele é candidato a vereador em São Paulo pelo PRB, partido do Bispo Macedo.
.
Ele diz que não: que suas críticas não tinham interesse político, mas que teria sido o governo deposto o responsável por sua tomada de posição a favor da carreira de parlamentar.
.
Agora, é aguardar para ver se será eleito, e quais serão seus projetos.
.
Só não pode é propor a distribuição gratuita de botox para a população...

domingo, maio 22, 2016

Liégüe deve estar pê da vida, fumando sem parar...

É que o "Fantástico" a citou, com o chaveirinho, como "fã" tipo anônima do Cauby Peixoto, numa cena de fim de show, no camarim, e não como "famosos" feito Patrícia Pillar e Cristiane Torloni, também focalizadas na reportagem póstuma.
.
Esse tipo de coisa, pra gente pretensiosa, é a morte.

segunda-feira, maio 16, 2016

Cauby era nossa Ella Fitzgerald...

Foto: Marco Maximo

NÃO É PRA QUALQUER UM.
Vi Cauby cantando na Lapa, no Buraco da Lacraia.
Ah, e também o vi executando um lariri na boate da Laura de Vison, na Rua Santa Luzia, Via Ápia.
No Rio do início dos loucos anos 80...